REPERTÓRIO – Revista Acadêmica de Teatro e Dança – Etnocenologia

O número 12 da Revista Repertório (2009, 1), organizado por Armindo Bião, está dedicado à Etnocenolgia.
A revista está disponibilizada no endereço: http://www.revistarepertorioteatroedanca.tea.ufba.br/editorial12.html.
Abaixo, apresentamos o Editorial para maiores informações:
Editorial
No momento em que se prepara a realização do VI Colóquio Internacional de Etnocenologia, para o período de 2 a 5 de agosto de 2009, em Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil (veja as identidades visuais dos cinco colóquios anteriores na página ao lado, à esquerda desta), a revista Repertório Teatro & Dança começa uma nova fase e retoma velhos ícones e emblemas dos orixás de seus
primeiros números.
De fato, o Proscênio deste seu número 12 é dedicado à etnocenologia, repetindo, assim, o início de sua primeira fase, em 1998, quando começamos a publicar Repertório Teatro & Dança. Então também se preparava a realização de um Colóquio Internacional de Etnocenologia (Salvador, Bahia, Brasil, 1998)
e, também, a etnocenologia era a temática do Proscênio de seu número 1. Agora, ampliamos o Conselho Editorial de Repertório Teatro & Dança, que passa a ser semestral, e incluímos textos em outras línguas além do português: o francês e o espanhol. Em todos os textos, há resumos, títulos e palavras-chave em três línguas: sempre na língua original, em que cada texto foi escrito; em inglês; e em português, quando a língua original foi o francês, e em francês,
quando a língua original foi o português ou o espanhol. Assim, pretendemos, também, ampliar o alcance do que publicamos em Repertório Teatro & Dança, que passa a colocar à disposição de todos os interessados uma versão on-line integral de suas edições.
Em Procênio, contamos com a colaboração de cinco colegas e amigos, dos quais três vinculados a universidades francesas. Assim, contamos com Jean-Marie Pradier, pioneiro da etnocenologia, que também colaborou com o número um de Repertório Teatro & Dança, Bernard Müller, que já colaborou conosco num livro coletivo (Artes do corpo e do espetáculo, P & A, 2007), no qual tratou do teatro contemporâneo de matriz iorubá na Nigéria, e Jérôme Dubois, que já participou de nossos grupos de pesquisa na França e no Brasil. Também contamos com André Helbo, da Universidade Livre de Bruxelas, coordenador do Master de Artes do Espetáculo Erasmus Mundus 2007/2009, que aprofunda as questões epistemológicas no âmbito das ciências do espetáculo. E, ainda, como nosso colega da UFRGS, Gilberto Icle, que nos revela seu percurso da Antropologia Teatral à Etnocenologia.
Em Peças, trazemos dois textos dramatúrgicos mergulhados no Atlântico Negro. Um, de nossa própria autoria, com ampla colaboração de alunos e orientandos, de caráter teatral e musical, é sobre o percurso da personagem histórica espanhola Doña María de Padilla, do século XIV, até sua quase homônima entidade da umbanda brasileira contemporânea. De passagem, apresentamos, como ilustração, de modo algoperverso e narcisístico, um pequeno álbum de fotos e anotações sobre um espetáculo dirigido por um de nossos ex-alunos da Escola de Teatro da UFBA, Vinício de Oliveira, sobre texto de nossa amiga e colega, também ex-aluna da Escola de Teatro da UFBA, Haydil Linhares. O outro texto de Peças é de nosso amigo Jesús Cosano Prieto, de caráter coreográfico, para um espetáculo de flamenco de Juan de Juan, sobre o impacto da cultura afro-americana dos EUA e de Cuba na obra do poeta Federico Garcia Lorca. Aí incluímos brevíssima referência fotográfica à pesquisa de uma de nossas colegas do PPGAC/ UFBA, Eliana Rodrigues, sobre a dança flamenca, como ilustração complementar pertinente.
Para a Persona, escolhemos nosso saudoso amigo e professor Jean Duvignaud e encomendamos o texto a nosso amigo e aluno Sergio Guedes, que também o conheceu na França.
Reunimos, na Sala de Ensaios (que, anteriormente, chamávamos, simplesmente, de Ensaios), um belo conjunto de artigos, todos também, igualmente, inéditos e de horizontes diversos das artes do espetáculo. Da dança, em diálogo com as neurociências, temos a colaboração de Mônica Ribeiro e Antônio Teixeira. Do teatro, na perspectiva da performance de corpos negros, a contribuição de Marcos Antônio Alexandre. Do cinema, em diálogo com a roda-de-samba tradicional da Bahia, temos a comunicação de Jolanta Rekawek, já apresentada, parcialmente, no V Colóquio Internacional de Etnocenologia, realizado em Salvador, Bahia, em 2007. E, ainda, temos, do diálogo do teatro com a televisão, o artigo de Sylvia Nemer, discutindo espaço e teatralidade.
Finalmente, fechamos, em Bastidores (que chamávamos anteriormente de Resenhas e Relatos) este número de Repertório Teatro & Dança com a comunicação de nossa colega e amiga Lúcia Fernandes Lobato, reelaborada de sua participação no V Colóquio Internacional de Etnocenologia, realizado em Salvador, Bahia, em 2007, e que é dedicada às origens da tribo e da festa espetacular do Malê Debalê, marca maior de nossa cultura e de nossa etnocenologia.
Junto à ficha catalográfica deste número de Repertório Teatro & Dança, divulgamos a estrutura editorial de nossa revista e suas normas editoriais, para os eventuais interessados em colaborarem com nossa revista, da qual, assumo, agora, a responsabilidade editorial. Informamos, também, na contracapa deste número, a temática dos três próximos números de
Repertório Teatro & Dança, que aparecerá em seus respectivos Proscênios. Reiteramos, enfim, aqui, a nossos prezados leitores, que nossa Sala de Ensaios estará sempre aberta a contribuições sobre quaisquer temáticas, assim como aceitaremos sugestões de perfis de personalidades das artes do espetáculo para nossas Personas, textos dramatúrgicos para nossas Peças e resenhas e relatos para nossos Bastidores.
Armindo Bião
CNPq/ Universidade Federal da Bahia, Brasil
Coordenador do Grupo de Trabalho de Etnocenologia da ABRACE, Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-Graduação em Artes Cênicas e do GIPE-CIT, Grupo Interdisciplinar de Pesquisa e Extensão em Contemporaneidade, Imaginário e Teatralidade.

Anúncios

2 Respostas para “REPERTÓRIO – Revista Acadêmica de Teatro e Dança – Etnocenologia

  1. Edso Fernando

    Olá
    Sou ator, diretor teatrale mestrando do Programa de Pós Graduação em Artes UFPA.
    Gostaria de saber se existe a possibilidade de publicação de artigos na revista.

    • teatrodeafroamerica

      Caro, Edson,
      o blog publica artigos sim, mas não se trata de uma revista, ou seja, não dispomos de ISS. Inclusive, há artigos que já foram publicados em outras revistas. Se há permissão do autor, a publicação é bem vinda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s